skip to Main Content

A Autora

Olá leitores e leitoras! Como vocês estão?
Fico muito feliz que tenham chegado até aqui para saber um pouco mais sobre mim, e estou louca para saber um pouquinho de cada um de vocês também!

Eu sou a Isabelle Leal, mas por favor, me chamem de Belle, porque senão vou achar que estão bravos comigo (rsrsrs). Tenho 16 anos e sou nascida e criada em Fortaleza, Ceará.

Desde pequena, sempre fui encantada pelas palavras, ainda que, na época, eu não gostasse tanto assim de usá-las… Da mesma forma foi com a literatura, que sempre me fascinou, mas demorei um pouco para perceber isso. Devo admitir que eu não curtia muito ler na infância hahahaha! Apesar de ter lido (e adorado) “O Pequeno Príncipe”, o hábito de ler não estava presente no meu dia a dia, mas, raramente quando alguma obra me chamava atenção, a temática sempre era de contos de fadas, com aqueles romances de príncipes e princesas clichês e amáveis.

Até que um dia tudo mudou (ainda bem)… Então, só fui descobrir esse meu amor incomparável pelo mundo das histórias aos 11 anos de idade. E posso dizer, com toda certeza que, o que aflorou a minha paixão pelos livros foi: quando eu li “Minha Vida Fora de Série”, da Paula Pimenta. Essa obra é o estopim para que a minha vida literária começasse de fato, e sou muito grata por isso.

Além do mundo das palavras escritas, sempre fui da oralidade, eu A-D-O-R-O falar, sim! Se deixar eu falo até mais do que a boca (brincadeira, até que me controlo hahahaha). Só que de vez em quando, só falar não basta, pois os sonhos vêm com tudo e não tem como eu apenas contá-los para alguém, até porque posso esquecer futuramente… Então eu os escrevo também, para tê-los guardados comigo para sempre e nunca os perder, pois acho que ter o poder de sonhar é o que nos motiva a viver a cada dia!

Bom, depois de contar como minha paixão por esse universo surgiu, nada mais justo do que falar dos livros que escrevi. Mas, para isso, preciso registrar o que mais me motivou: Uma vez, quando fui a um evento dela (dessa mesmo que me fez ficar apaixonada pelos livros), Paula Pimenta disse: “escreva o livro que você gostaria de ler”. Isso foi mais do que suficiente para tudo começar.

Sou autora do “O Lado Estranho do Amor” e também do meu mais recente bebezinho (que será lançado logo, logo), “Quando a Gente Acontece”. Escrevê-los foi uma experiência mágica, na verdade, sempre é. Porque, na minha visão, ter a chance de viver várias vidas sem deixar a minha origem é pura magia. Cada narrativa tem seu próprio jeitinho e essência, e as histórias nascem das maneias mais inusitadas: seja por meio de algo que um amigo disse durante a aula de matemática ou a cena mais marcante de alguma viagem que fiz… Meu processo criativo nem tem regra, ele simplesmente acontece, simplesmente é.

Porém, o processo para escrever foi um verdadeiro paradoxo: passa num piscar de olhos de uma eternidade. O escritor (em teoria) dá tudo de si. Abdica daquela saída com os amigos, das noites bem dormidas, do feriadão na praia, do cinema com o/a namorado/namorada, da viagem com a família etc. (Eu nunca estive grávida, mas…) É quase uma gestação. Uma jornada longa e difícil, mas no final de tudo, o trabalho árduo é recompensado em forma de história, e acredito que vocês vão amar as histórias!

Eu estou muito empolgada, pois mal posso esperar para que todos vocês conheçam história de Sophie e Alexander (Quando a Gente Acontece), que é carregada de sentimentos, desejos adormecidos do passado e uma paixão avassaladora que nunca se apagou.

Ah, pessoal, esse livro tem uma playlist incrível para ouvir junto com as personagens! Clique aqui para conferir as músicas que selecionei  🙂

Back To Top